Você é maior de 18 anos? Esse site contém conteúdo adulto
e recomendado para pessoas de mente aberta.

.................

Are you over 18? This site contains adult content
and it´s recommended for open-minded people.

Sim
Não
lights off?

O erotismo de Clovis Trouille

10.09.2015 / Em sexo / Por IdeaFixa

clovis_trouille_4

Há algo terrivelmente excitante em freiras góticas burlescas e taradonas.

Clovis Trouille nasceu em 1889, em La Fère, na França. Trabalhou como restaurador e decorador em lojas de departamento para revigorar manequins, mas também exercia o ofício de pintor aos domingos, uma vez que estudou na École des Beux-Arts of Amiens, de 1905 a 1910.

Louis Aragon e Salvador Dalí conheceram a obra do artista e logo foi taxado de surrealista por André Breton. O rótulo deu exposição ao pintor cujas cores e técnicas remetiam à litografia dos pôsteres de anúncios e propagandas da primeira metade do século 20. Ele morreu em 1975 em Paris.

 

clovis_trouille_11

 

A verdade é que Trouille estava longe de ser surreal. O forte apelo para o lado negro e a constante vontade de ver a igreja e seus domínios queimarem, algo expresso quase de modo panfletário em suas pinturas, o divergia da tentativa de imersão no subconsciente humano do movimento encabeçado por Breton.

Trouille serviu na Primeira Grande Guerra. Isto o traumatizou a ponto de rechaçar qualquer tipo de instituição. O clima dos quadros traz à tona a imagem romântica do amor com batalhas heróicas, mas vistas com mais debruçar apresentam apenas a hipocrisia por trás disso tudo com sátiras religiosas que beiram à comicidade grotesca.

Bruxas, ciganas e freiras pecaminosas são sempre recorrentes em sua obra sem medo de ser feliz e sempre sensualizando de modo pejorativo e vulgar. A total falta de apreço por escolas, instituições e galeria fez com que ganhasse a primeira exibição apenas em 1962.

 

clovis_trouille_1

 

clovis_trouille_2


clovis_trouille_5

 

clovis_trouille_6

 

clovis_trouille_7

 

clovis_trouille_8

 

clovis_trouille_9

 

clovis_trouille_10

 

clovis_trouille_12

 

clovis_trouille_13

 

clovis_trouille_14

 

clovis_trouille_15

 

clovis_trouille_16

 

clovis_trouille_17

via